Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 929
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Saiba como os cães da polícia são treinados

Eles são essenciais no combate ao tráfico de drogas

cães
Os cães farejam os locais para encontrar drogas. Para os policiais, o combate ao tráfico depende desses animais


A Polícia Militar conta cada vez mais com o apoio de cães para combater os crimes no Distrito Federal. Os animais ajudam na ação das tropas de choque, no combate ao tráfico de drogas e em policiamento ostensivo.

Para realizarem esse trabalho, os 52 animais do Batalhão de Cães da Polícia Militar passam por treinamento intensivo. Geralmente, os cães começam a trabalhar ao lado dos policiais aos dois anos de idade.Até os seis meses de idade, é definida a especialidade de cada animal. 

Os sentidos dos bichos são aguçados para que encontrem drogas, explosivos e até fugitivos da polícia. O capitão Pereira Alves afirma que o adestramento começa desde os primeiros dias de vida.

— Com dois dias de idade já são feitos alguns exercícios com os cães para estimular especificamente o instinto de caça do animal.

As equipes do batalhão são formadas por quatros homens e dois cães, que ficam disponíveis 24 horas por dia. Os animais podem trabalhar até seis horas seguidas, e acompanham os policiais na busca por drogas escondidas na cidade.

As ações de policiais em companhia dos cães costumam ser positivas. Em 238 operações da Polícia Militar realizadas este ano para encontrar drogas, 138 foram bem-sucedidas com a ajuda dos cachorros. Para o subtenente Matias, os animais são imprescindíveis para os policiais.

—Sem eles, o trabalho seria muito difícil. Nossa vida profissional depende deles.




Fonte: R7 Notícias - Publicado neste site em 10/11/2012