Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 810
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Culinária gourmet para cães ganha espaço no Brasil

Empresa aposta na produção de alimentos naturais para cachorros e faz sucesso

por Juliana Malacarne I Edição: Vinicius Galera de Arruda
   Divulgação
Cães participam de degustação dos pratos da La Pet Cuisine (Foto: Divulgação)

ração deixou definitivamente de ser a única opção para alimentar seu animal de estimação. Em um mundo que busca cada vez mais práticas saudáveis, nossos fieis companheiros de quatro patas não podiam ficar fora dessa tendência. Depois da crise de 2007, em que milhares de cães e gatos morreram por causa de ração contaminada, o mercado de comida natural para pets cresceu muito, principalmente nos EUA, onde arrecadou U$ 7,6 bi só em 2011. Pensando nessa tendência e na falta de opções no mercado brasileiro, as irmãs Juliana Bechara, médica veterinária, e Veri Noda, chef de cozinha, criaram a La Pet Cuisine, empresa especializada na produção de alimentos naturaisgourmet para cães adultos.

No menu estão quatro tipos de pratos: cordeiro com grão de bico, caçarola de carne e grãos, franguinho da fazenda e risoto vegetariano, com valor nutritivo equivalente a uma ração superpremium e estética de cozinha gourmet. Juliana afirma que o interesse das pessoas é crescente e que a empresa já tem planos de expandir sua linha de produtos para atender também gatos e cães de várias idades. “As pessoas estão se voltando para uma alimentação sem conservantes e aditivos e agora, também têm procurado isso pra seus cães”, disse.

Os pratos do La Pet Cuisine podem ser encontrados em pet shops parceiros e devem ser mantidos congelados até o momento do consumo. Além disso, a empresa oferece o serviço de dieta personalizada caso o cão tenha algum problema de saúde, como alergia a algum componente específico. Para todos os casos, Juliana recomenda que a substituição da ração comum pela alimentação natural seja feita de forma gradativa.

Editora Globo
Na imagem da esquerda, as irmãs Veri Noda (de branco) e Juliana Bechara ( de preto) em um evento de degustação; e na imagem da direita, caçarola com grão de bico, um dos pratos mais pedidos da La Pet Cuisine (Fotos: Divulgação)

Os benefícios da culinária natural vão desde uma pelagem mais brilhosa até possível melhora no funcionamento dos rins, segundo o médico veterinário especialista em nutrição de cães e gatos Marcio Brunetto. “A palatabilidade e a ausência de conservantes são as maiores qualidades desses alimentos. Outra vantagem é que possuem mais águana sua composição, em função do processo de cozimento. Isso é especialmente interessante para animais que bebem pouco líquido”, disse.

Não é só pelo viés gourmet que a culinária para cães vem progredindo. Os petiscos e doces também estão ganhando espaço. Naelson Ribeiro é gerente da Padaria para Cães e Gatos e conta que o local, que serve bolos de aniversário, quibes, esfirras e panetones, recebe até 150 pedidos dependendo do mês. “O mercado está ótimo, temos muitas encomendas, principalmente para as festas de aniversário dos bichinhos”, afirma.

Ribeiro ressalta ainda que os produtos da padaria não substituem a ração e são apenas um agrado para o animal. Para o veterinário Brunetto, esse tipo de produto é uma opção de petisco interessante, mas deve ser oferecido com parcimônia para prevenir sobrepeso e obesidade, um dos principais problemas de saúde animal atualmente.

Pouco importa o estilo, o que está comprovado é que o segmento de comida para animais de estimação não para de crescer no Brasil. Em 2011, segundo dados da Associação Nacional de Fabricantes de Alimentos para Animais(Anfalvepet ) o setor arrecadou R$ 8.28 bilhões, produziu 1,93 milhões de toneladas e a previsão de crescimento em 2012 é de 11,55%.

Receita

Se você gostou da idéia de uma alimentação natural para seu cão, confira a receita que a chefe Veri Noda enviou aoGlobo Rural e que pode ser facilmente feita em casa.

Editora Globo 

Fonte: Globo Rural - Publicado neste site em 08/09/2012