Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 736
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Polícia investiga morte de 30 cães e gatos em Sorocaba

A Polícia Civil vai investigar a morte de 28 cachorros e dois gatos no Centro de Zoonoses de Sorocaba (a 99 km de São Paulo). Os corpos dos animais foram encontrados embalados em sacos plásticos dentro do freezer do centro na quarta-feira, após denúncia de ONGs.

Um dia antes representantes das ONGs estiveram no local e viram os animais vivos, mas ao retornar ontem foram proibidas de entrar.

Eles, então, acionaram a polícia, que entrou no local e encontrou os animais mortos dentro do freezer. Durante a vistoria, nenhum dos funcionários informou

o que havia ocorridos com os cães e gatos.

A polícia apreendeu cinco animais --quatro cachorros e um gato-- para passarem por perícia, que deve indicar se eles estavam doentes e precisavam ser

sacrificados. Um dos laudos deve ficar pronto em 30 dias, segundo a delegada que investiga o caso, Cássia Almagro Mezzono.

A veterinária responsável pela Zoonoses afirmou à delegada que todos os animais sacrificados estavam doente e alguns tinham suspeita de cinomose, doença contagiosa e grave que ataca vias respiratórias, o aparelho digestivo e o neurológico.

Nos próximos dias a delegada deve ouvir os representantes da ONGs que fizeram a denúncia e a veterinária responsável pelo centro.

Em nota, a Secretaria da Saúde informou que os animais foram avaliados por uma médica veterinária, que constatou 'quadro clássico de cinomose, com a indicação de eutanásia e, por esta razão, foram submetidos a este procedimento'.

Ela ainda firmou que 'a Zoonoses cumpre integralmente todas as normas federais e estaduais que regulamentam a eutanásia'.


Fonte: Paraná On-line - Publicado neste site em 22/07/2012