Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 660
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Brasil tem 101,1 milhões de bichos

O Brasil tem a quarta maior população de animais de estimação do mundo, com 101,1 milhões de animais.  Os cães e gatos somam 55,5 milhões, formando a segunda maior população mundial destes animais, segundo o último levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). Mas o que chamou a atenção do estudo foi a população de peixes, que isolada, ocupa o segundo lugar no ranking dos pets preferidos. Eles são 25 milhões, contra o 35,7 milhões de cães e 19,8 milhões de gatos distribuídos pelos lares brasileiros. 

De acordo com as informações da Abinpet, esse aumento da população de peixes pode estar relacionado ao aumento do número de moradores em apartamentos. O gerente da Aquabetta, instalada no Centro de Curitiba, Mário Farias Junior, também acredita ser esse um dos motivos para o grande número de peixes adotados como animais de estimação.  Mas ressalta que o custo de manutenção, dependendo do tipo de aquário, também pode pesar. “Hoje com R$ 350 se monta um aquário de água doce de 70 litros e terá um custo mensal, de manutenção, por volta de R$ 20, R$ 30”, calcula.

Já o custo de manutenção de um cão ou gato não fica por menos de R$ 50, considerando apenas os gastos necessários com ração e higiene, no caso do gato. Ao valor não são computados custos com tosa, banho, produtos para tentar disciplinar os animais, mimos e gastos específicos, como por exemplo, rações especiais para animais adultos, castrados, obesos ou portadores de doenças. Estão ainda de fora, os custos das vacinas anuais obrigatórias, em torno de R$ 100 e R$ 150, dependendo da raça e do animal. 

Quem se interessar por peixes, pode obter informações e dicas de como começar um aquário no www.aquabetta. com.br. Já os interessados em ter um cão ou gato, antes de comprarem ou adotarem, devem procurar a Sociedade Protetora dos Animais, onde obterão informações concretas sobre os direitos dos animais e deveres dos donos em relação ao bem-estar dos bichos. (AE)


Fonte: Bem Paraná - Publicado neste site em 31/05/2012