Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 64
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 

Governo de Xangai quer restringir número de cães por família

Após restringir a apenas um o número de filhos que casais podem conceber, o governo chinês se prepara para impor um novo limite à população. Desta vez, é a quantidade de pets por família que está em discussão na cidade de Xangai. Uma lei que controla a natalidade entre bichos de estimação pode entrar em vigor na localidade já no próximo ano e limitar as pessoas a terem apenas um cachorro, segundo o jornal Daily Mail. 

Atualmente, cerca de 800 mil cachorros vivem em Xangai (cidade que abriga 20 milhões de pessoas), gerando problemas sanitários em condomínios habitacionais bastante populosos, além de reclamações frequentes com relação a latidos noturnossujeiras e ataques. 

De início, as autoridades de Xangai pretendem baratear o custo da licença para possuir um bicho de estimação (o que atualmente é obrigatório, mas muito caro), além de facilitar o acesso a vacinas e cirurgias de castração. O objetivo é regularizar a questão, evitando que as pessoas tenham petsclandestinamente. Crias indesejadas também não serão permitidas. Assim, filhotes “bastardos” serão enviados a centros de adoção antes de completarem três meses de vida

Na internet, fóruns foram criados para discutir o assunto. “Cachorro sabe fazer planejamento familiar? E quem já tiver dois animais, por exemplo, terá que jogar um deles fora?”, comentou um chinês indignado.

Juliana Bacci

(Foto: Alamy)


Fonte: Globo Rural - Publicado neste site em 0/03/2011