Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 402
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Defensores de animais denunciam maus tratos contra cão de aluguel em Boa Viagem
Recife


Uma grave denúncia de maus tratos a cães mobilizou protetores de animais e moradores da Rua Setúbal, no bairro de Boa Viagem, no Recife. O cachorro, um rottweiler mestiço, apresentava um quadro de aparente desnutrição e estava sendo mantido em um ambiente sujo, sem acesso a comida ou água, em uma residência. Segundo moradores, o cão é de propriedade da empresa Rivas Locações de Cães, especializada em locação de animais para guarda. No entanto, há vários dias, o animal estaria abandonado e sem qualquer tipo de cuidados.

Uma denúncia foi formalizada pelo Movimento de Defesa dos Animais (MDA), que encaminhou o apurado à Delegacia de Polícia do Meio Ambiente (Depoma). Após a movimentação, que incluiu denúncias por meio da internet e redes sociais, o cachorro acabou substituído por outro, um Pitbull branco, na manhã desta segunda-feira. 'Estávamos acompanhando a situação e fomos ao local várias vezes para colocar ração para ele. Jogávamos por cima do muro mesmo, para ajudá-lo. Água ficava mais difícil e, para ele, foi luxo', afirma a defensora Goretti Queiroz.

Apesar da substituição, a empresa será alvo de investigações, tanto dos defensores, quanto da polícia. Segundo Luiz Leoni, haverá uma fiscalização de perto dos integrantes do MDA. 'Faremos acompanhamento de perto. Só porque o cão foi trocado, não quer dizer que não há transgressões, porque o ambiente continua insalubre', garante. De acordo com a delegada do Meio Ambiente, Nely Queiroz, as fotos registradas por moradores não seriam suficientes para gerar um flagrante, mas, se os maus tratos forem atestados, os responsáveis terão que responder criminalmente. 'As fotografias poderão ser utilizadas como provas. Estamos trabalhando sempre com esse tipo de denúncia, mas é a primeira vez que recebemos sobre essa empresa específica, mas iremos verificar e tomar as medidas cabíveis', explica.


Fonte: Pernambuco.com - Publicado neste site em 09/11/2011