Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 1704
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Cachorros são treinados para detectar coronavírus pelo faro na Inglaterra


Uma empresa de que que cães para detecção está realizando pesquisas para que os cachorros possam reconhecer o novo coronavírus pelo faro. Dessa forma a detecção da doença poderia ser feita de forma mais rápida.

A Medical Detection Dogs, instituição beneficente com sede em Londres, já faz pesquisas do tipo sobre câncer e diabetes. Agora, eles estão trabalhando em conjunto com Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres (London School of Hygiene & Tropical Medicine) sobre o coronavírus.

Eles acreditam que os cães podem ser treinados para farejar a doença e darr um diagnóstico rápido e não invasivo.

'Os cães farejando a covid-19 seriam treinados da mesma maneira que os cães já treinados pela instituição para detectar doenças como câncer, Parkinson e infecções bacterianas: farejando amostras na sala de treinamento da instituição e sinalizando caso encontrem algo. Eles também são capazes de detectar mudanças sutis na temperatura da pele, então podem dizer se alguém está com febre', diz a instituição.

Ainda de acordo com a Medical Detection Dogs, com o treinamento os cães também poderiam farejar a doença em quem está entrando no país e em pessoas assintomáticas, ou seja, que portam o vírus mas não apresentam sintomas.

'Agora, estamos analisando como podemos capturar o odor do vírus dos pacientes em segurança e apresentá-lo aos cães', disse o CEO da instituição, o médico. Claire Guest, à versão britânica do jornal Metro.

O professor James Logan, da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, reiterou a confiança na pesquisa. Segundo ele, 'um trabalho anterior demonstrou que os cães podem detectar odores de humanos com uma infecção por malária com precisão extremamente alta - acima dos padrões da Organização Mundial de Saúde para um diagnóstico'.


Fonte: Uol Notícias - Publicado neste site em 30/03/2020