Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 1557
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Centro de formação de cães-guia de SC é modelo a outras regiões do país

Unidade foi inaugurada nesta sexta, mas já ministra cursos desde 2012.
Ela é a primeira na América Latina que oferece treinamentos de graça.

Estrela é um dos animais treinados para virar cão guia (Foto: Reprodução RBS TV)
Estrela é um dos animais treinados para virar cão guia (Foto: Reprodução RBS TV)

Um centro de formação de cães-guia catarinense foi inaugurado nesta sexta-feira (9) e serve como modelo para outras regiões do país. O local treina instrutores destes animais em Camboriú, no Litoral, desde 2012 e é o primeiro da América Latina a oferecer o curso gratuito. No espaço, também são preparados animais que irão orientar os deficientes visuais.

Os cães e os alunos são treinados por dois anos. Atualmente, quarenta e oito cães são atendidos no Centro de Camboriú. A cadela Estrela, de apenas um ano e quatro meses é um dos animais treinados. Assim que completar dois anos ela vai auxiliar um deficiente visual e se tornar cão-guia.

“O cão é um instrumento para que depois possa ser atingido o objetivo final, que é a pessoa com deficiência, que esse cão dê a essa pessoa mais dignidade, mais mobilidade”, explica uma das instrutoras do curso.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Brasil possui mais de 500 mil pessoas com deficiência visual. O Centro catarinense tem servido de modelo para a construção de novas unidades em outras regiões do país. “Nós temos ainda mais seis além desse, que vão permitir baratear, popularizar e possibilitar que as pessoas com deficiência visual possam acessar de forma mais rápida e barata o cão-guia”, explica Ideli Salvatti, ministra da Secretaria de Direitos Humanos.


Fonte: G1 - Publicado neste site em 24/07/2014