Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 1418
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Cão pode ser separado de garoto em estado vegetativo na Alemanha

Cadela visita menino de 10 anos todos os dias em um hospital na Alemanha. (Foto: Reprodução / Bild)
Yahoo Notícias - Cadela visita menino de 10 anos todos os dias em um hospital na Alemanha. (Foto: Reprodução / Bild)

Em estado vegetativo desde que nasceu, o garoto Dylan Gerzmehle pode ser separado de sua fiel companheira, a cadela Tascha, após ela ter mordido outro cão na Alemanha. O caso vem chamando atenção nas redes sociais e na imprensa na Europa. 

Com 10 anos de idade, Dylan vive em um hospital na cidade de Schonwalde, que até então não havia se colocado contra a presença do animal no local. Segundo os pais do garoto, desde que a cachorra entrou na família, há seis anos, o garoto apresentou uma incrível melhora de saúde. 


Todos as manhãs a cadela visita o menino, o cobre e permanece ao seu lado ao longo do dia. Perto do animal o garoto apresenta aumento nas suas condições respiratórias e cardíacas, indicam os aparelhos que o mantêm vivo.

Tascha é da raça staffordshire terrier, considerada de risco na Alemanha. Para piorar, as autoridades decidiram que a cadela seja sacrificada ou removida da cidade após atacar outro cão, que se recupera dos ferimentos. 


“Minhas mãos estão atadas. O caso é claro: a cadela mordeu outro cão. O que poderia acontecer se ela mordesse uma pessoa ou até mesmo a criança?”, questionou o prefeito da cidade, Bodo Oehme, em entrevista ao Daily Mail. 

A família de Dylan decidiu então montar uma campanha para manter o animal de estimação por perto. No Facebook foi criado um perfil para contar o caso e explicar o quão importante Tascha é na vida do jovem alemão. Em menos de dois dias a página já contava com mais de 180 mil inscritos.


Fonte: Yahoo Notícias - Publicado neste site em 29/12/2013