Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 1345
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Lei que permite a eutanásia de cães de rua causa polêmica na Romênia

Medida foi aprovada depois que uma criança morreu após ser atacada.
População deve decidir a questão em um referendo.

Ativistas protestaram nesta quarta-feira (25) contra a medida. (Foto: Reuters/Bogdan Cristel)
Ativistas protestaram nesta quarta-feira (25) contra a medida. (Foto: Reuters/Bogdan Cristel)

Ativistas protestaram contra a eutanásia de cachorros abandonados, em frente ao tribunal constitucional de Bucareste, na Romênia, nesta quarta-feira (25). O órgão aprovou a lei que permite a matança de cachorros que não forem selecionados para adoção e continuarem abandonados nas ruas da capital.

A lei foi aprovada depois que um menino de 4 anos morreu após ser atacado por cinco cães de rua. Segundo o jornal “The Telegraph”, a população de animais abandonados nas ruas da cidade é estimada em 64 mil, e somente em 2012 foram registrados 16 mil incidentes.

O veículo ainda informa que, em um discurso televisionado no país, o presidente Traian Basescu apontou como emergência uma legislação que permita a matança de cães abandonados, e disse que “cachorros não devem ser colocados acima de seres humanos”. 

Atualmente, a lei local permite o abate apenas de cachorros doentes. O conselho de Bucareste anunciou que faria um referendo para pedir a opinião da população sobre a questão.
Ativistas pelos direitos dos animais protestaram contra a medida, que propuseram uma campanha de castração como alternativa. Basescu, no entanto, aponta que essa “não é uma solução” porque “não remove as presas dos cachorros”, segundo o “The Telegraph”.

Mulher participa com seu cão de protesto contra a eutanásia de animais na Romênia. (Foto: Reuters/Bogdan Cristel)
Mulher participa com seu cão de protesto contra a eutanásia de animais na Romênia. (Foto: Reuters/Bogdan Cristel)

Fonte: G1 - Publicado neste site em 29/09/2013