Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 116
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 

Seguindo a Lei Estadual 12.916/ 2008, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Paulínia, tem trabalhado para que os animais abandonados recebam cuidados e sejam tratados de forma respeitosa e sensata.

Hoje os cães e gatos não são recolhidos para a matança indiscriminada, e a captura é feita apenas em espaço público, ou quando um animal é bravo e oferece risco à população. Segundo o coordenador do CCZ, Vanderlei Guidotti, as higienizações dos canis acontecem duas vezes por dia, e os cães são banhados, além de receberem medicação e vermífugos diante da necessidade.

A CCZ não recolhe animais comunitários, aqueles que são adotados por uma comunidade, já que eles recebem alimentação e cuidados de um grupo de pessoas.

A eutanásia é feita com a autorização do proprietário e sob o laudo técnico e avaliação de um veterinário. “Muitos animais são atropelados e ficam totalmente mutilados não tendo como tratá-los, também os casos de cinomose, restando apenas a eutanásia”, explica Guidotti.

Outra informação concedida por outro coordenador, Luis Henrique Guimenez Correa, é que quando vier a falecer um animal em sua residência, as pessoas deverão procurar a Zoonoses para que o animal seja recolhido e incinerado. “É muito perigoso enterrar em qualquer lugar, pois o local poderá ser contaminado dependendo da doença que ele morreu. É só ligar que buscamos o animal em sua casa”, afirma Luis Henrique.  Também são recolhidos os animais mortos em atropelamento.

Outro trabalho realizado pela Administração, José Pavan Junior, foi a castração de animais. Foram 900 castrações realizadas durante o ano de 2010, para atender as famílias de baixa renda, bem como animais das Organizações Não Governamentais (ONGs) e comunitários. Os coordenadores do Centro de Zoonoses informam que se encontra em processo licitatório, mais 900 castrações para este ano.

Mas o trabalho que tem entusiasmado os funcionários é a preparação destes animais (cães e gato) para a adoção. Eles incentivam as pessoas que antes de irem a uma loja efetuar a compra de um animal, que passem na Zoonose e verifiquem quantos bichinhos meigos, dóceis e sadios eles dispõem para adoção, inclusive muitos filhotes.

O CCZ também trabalha a posse responsável, informando que animal não é brinquedo de criança, é uma vida, que precisa de cuidados, alimentação, vacinas e medicação se for preciso. Abrigo do frio, da chuva, banhos e escovação, passeios para se exercitar e principalmente a castração para evitar a super população de cães e gatos evitando vários problemas como: atropelamentos, acidentes de trânsito, transmissão de doenças, abandono e crueldade com os animais.

Outra recomendação importante é a identificação dos animais. Coloque coleira no seu cão e no seu gato com uma medalhinha com seu nome e número de telefone, assim, se ele fugir, fica mais fácil para quem encontrá-lo, devolvê-lo a você, evitando seu sofrimento e do seu melhor amigo.

Quem quiser adotar ou apenas visitar o Centro de Controle de Zoonoses poderá fazê-lo todos os dias, inclusive aos finais de semana, a partir das 10h00 até as 16h00.

O endereço é Rua dos Estados, 1000, Vila Bressani, atrás do Poliesportivo. O telefone para contato é 19-3833.2299 e 3874.9266.


Fonte: Paulínia News - Publicado neste site em 14/04/2011