Translate       Traducir    
Boletim de Notícias
Boletim Eletrônico - N° 1049
  
RECEBA AS NOTÍCIAS POR E-MAIL Cadastre seu E-mail
linhagrossa
Faça uma homenagem ao seu Pet, acenda a Chama da Recordação, clique aqui.
 
Cão que seria sacrificado por ser 'gay' é salvo por campanha no Facebook

Um caso de preconceito movimentou a web nos Estados Unidos nos últimos dias. Um cãozinho da raça Pitbull seria executado em Tennesee por, segundo o seu dono que o abandonou em um abrigo lotado, “ser gay”. No entanto, uma campanha no Facebook conseguiu ajudar o local em que o animal estava a encontrar um novo dono e salvou a vida do bichinho.

Campanha no Facebook salvou a vida do animal (Foto: Reprodução/Flickr)
Campanha no Facebook salvou a vida do animal (Foto: Reprodução / DailyMail)

O ocorrido mexeu com a comunidade norte-americana. Segundo o relato de uma usuária do Facebook que costuma visitar o abrigo com frequência, este homem “viu o cão montando em outro macho” e, por isso, presumiu que o animal fosse homossexual e decidiu abandoná-lo.

“O dono dele jogou ele fora porque não queria ter um cão ‘gay’! Não deixem este cachorro lindo morrer por causa da ignorância de seu dono”, pediu a internauta, que rapidamente conseguiu a adesão de muita gente à campanha.

O cachorro foi levado para um abrigo de animais superlotado na cidade de Jackson e teria que ser sacrificado caso não fosse adotado, já que não havia mais vaga para ele neste local. Mas a vida do cãozinho foi salva pela mobilização das pessoas nas redes sociais.

A usuária Stephanie Fryns escreveu que iria “adotar esse menino”. Comovida com a história que leu no Facebook, a técnica veterinária pegou o animal pouco antes do momento em que seria ele sacrificado. Batizado de Elton, a nova mãe do cão disse que ele é 'muito amigável, mas tem medo de tudo, o que é compreensível'. Além disso, Stephanie conta que o bichinho adora andar de carro.

Fonte: Techtudo - Publicado neste site em 12/02/2013