Translate       Traducir    
RECEBA AS NOTÍCIAS POR
E-MAIL
Cadastre seu Endereço aqui
News Criador On-line
Boletim Eletrônico - N° 830 - #3
  
-
Software Animal Manager, essencial para seu negócio prosperar, acesse aqui.
 
• Caso não esteja visualizando o texto deste boletim, acesse: www.criadoronline.com.br/boletim
• Para remover seu endereço de nossa lista acesse aqui
Conheça a casa dos 500 cachorros
Parceira do DIÁRIO na campanha ‘Ame o Seu Pet’, o Clube dos Vira-Latas, há 12 anos, cuida de cães doentes

Marley é um labrador que  anda de olhos tristonhos  porque foi abandonado pelo dono. Estopinha é um vira-lata calmo, enquanto Beto é um sharpei todo enrugado e Tiquinho, um chiuaua exibido. Embora de raças diferentes, nenhum deles, infelizmente, escapou de maus-tratos, violência e abandono. Resgatados das ruas, eles são apenas quatro dos cerca dos 500 cães acolhidos no Clube dos Vira-Latas, uma ONG de proteção animal em São Paulo, onde recebem cuidados médicos e a esperança de conseguir um novo lar.

Veterinários fazem cirurgia num dos cães doentes
Veterinários fazem cirurgia num dos cães doentes

A ONG Clube dos Vira-Latas, que existe há 12 anos, é parceira do DIÁRIO na promoção Ame o Seu Pet, que começa no dia 23. Parte da verba arrecadada será revertida para  ajudar a entidade a cuidar dos cachorros. Para participar e colaborar, basta juntar sete selos, que serão publicados diariamente no jornal, juntar com mais R$ 9,90 e trocar por duas miniaturas de cãezinhos. Você ainda leva um produto Sanol Dog para cuidar do seu cachorro em casa e concorre a uma viagem para a Disney, com acompanhante. 

Berçário de cães/ No clube, os cães recebem tratamentos dos mais simples à quimioterapia, passam por  cirurgias e são castrados. Os adoentados vão para a enfermaria. Os paraplégicos ficam num berçário e têm andadores para poderem dar suas voltinhas. Depois de recuperados, a missão da ONG é arrumar um novo lar para eles: “Orfanato não é lugar para criança, asilo não é lugar para idoso e abrigo não é lugar para cachorro”, diz Cláudia Demarchi, presidente da ONG.

Saiba mais

A fundação do Clube dos Vira-Latas
A ONG foi fundada em 2001 pela professora Cida Lellis, morta em 2010. A partid daí, quem assumiu a presidência foi Cláudia Demarchi (foto), que administra tudo com outros sete voluntários. O clube tem 18 funcionários, incluindo dois médicos veterinários.

80mil é a média de gasto mensal do Clube dos Vira-Latas

Doações vêm pelo Facebook
A ONG não é patrocinada, nem recebe verba pública. Ela se mantém graças às doações de pessoas que chegam ao clube pela página no  Facebook. 

7  toneladas é a quantidade de ração consumida por mês

Cerca de 400 cães estão à espera de uma casa nova

Dos 500 cães que estão no Clube dos Vira-Latas, cerca de 400 estão prontos para serem adotados. Mas pode ser que algum tenha só três patinhas, ou seja cego, ou tenha temperamento mais forte.  “Não existem animais ‘indomáveis’. Para cada patinha tem o seu sapato”, diz Cláuda Demarchi. Por isso, antes de um cão ser adotado, a ONG faz uma pesquisa para saber se a família é adequada para receber o animal e evitar que ele sofra um segundo abandono. “A adoção tem de ser certeira”, diz.

No clube, não falta a eles  dedicação. Na área de “segurança máxima”, onde ficam os cães mais bravos (dois vira-latas, uma cadela pastor-alemão e os pit bulls que saíram de rinhas), quem  cuida deles é Maria Dorvina Magalhães.  “É só conversar, pedir licença e tratar com carinho”, ensina.


Fonte: Diário de S.Paulo - Publicado neste site em 18/09/2012


 

Veja mais notícias em nosso site, acesse: www.criadoronline.com.br/news
 

-
O "News Criador On-line" é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebe-lo, ou considera que foi cadastrado indevidamente, por favor, clique aqui para remover