Translate       Traducir    
RECEBA AS NOTÍCIAS POR
E-MAIL
Cadastre seu Endereço aqui
News Criador On-line
Boletim Eletrônico - N° 761 - #3
  
-
Software Animal Manager, essencial para seu negócio prosperar, acesse aqui.
 
• Caso não esteja visualizando o texto deste boletim, acesse: www.criadoronline.com.br/boletim
• Para remover seu endereço de nossa lista acesse aqui
Cachorros podem detectar câncer de próstata



Um estudo francês mostrou que cachorros, de uma determinada raça, se treinados, podem identificar pessoas que sofrem com câncer de próstata. A raça – os cães pastores belgas – podem ser treinados para essa finalidade.

Médicos do Hospital Tenon, de Paris, treinaram cachorros para distinguir o cheiro da urina de homens que têm câncer de próstata e aqueles que não têm a doença. No fim do treinamento, os cães puderam identificar corretamente 63 de 66 “amostras”.

Pode parecer bizarro, mas os especialistas dizem que o olfato dos cães pode ser 100 mil vezes mais apurado do que o dos humanos. Os pesquisadores acham que os cães reconhecem o cheiro de alguma molécula específica que aparece no organismo dos homens que sofrem com o câncer de próstata e, por conseqüência, na urina deles. Uma

nova parte da pesquisa quer descobrir que molécula é essa.

Os cientistas estão otimistas, mas o estudo precisa ser feito em uma escala maior para que seus resultados sejam comprovados. Afinal há a hipótese de que os cachorros conseguiriam “ler”, de certa forma, através de alguma reação de seus treinadores, se a amostra era de alguém com câncer ou não – sabe-se que os cães podem identificar muito facilmente as reações humanas.

Se os resultados forem comprovados, o teste canino pode ser mais efetivo para identificar o câncer de próstata do que os testes de sangue, usados para esse propósito.


Fonte: Hype Science - Publicado neste site em 04/08/2012


 

Veja mais notícias em nosso site, acesse: www.criadoronline.com.br/news
 

-
O "News Criador On-line" é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebe-lo, ou considera que foi cadastrado indevidamente, por favor, clique aqui para remover