Translate       Traducir    
RECEBA AS NOTÍCIAS POR
E-MAIL
Cadastre seu Endereço aqui
News Criador On-line
Boletim Eletrônico - N° 506 - #3
  
-
Software Animal Manager, essencial para seu negócio prosperar, acesse aqui.
 
• Caso não esteja visualizando o texto deste boletim, acesse: www.criadoronline.com.br/boletim
• Para remover seu endereço de nossa lista acesse aqui
Cão que teve os olhos arrancados ganha novo lar


Um cãozinho, que foi encontrado com os olhos arrancados, está se recuperando gradativamente graças à sua nova família. O cachorro chamado Andre foi, como informa o jornal Daily Mail desta segunda-feira (30/1), usado como alvo para a prática de tiros. Segundo o jornal, o animal teria sido encontrado dentro de um saco plástico, em uma lixeira, amarrado e com fome, em Phoenix, Arizona.

Em entrevista, Susie Hopkins, a nova dona de Andre, diz que após uma cirurgia a órbita dos olhos do cão está se recuperando e ele está se alimentando bem. “Ele está voltando a caminhar, em curtos trajetos, e dorme a maior parte do dia”, conta.

Agora, o cãozinho vive na cidade de Sedona com Hopkins, que falou com ativistas do grupo “Pessoas pelo Tratamento Ético aos Animais” (Peta, na sigla em inglês) sobre o sofrimento de Andre. “Ele deve ter sentido tanta dor. Ele foi muito torturado e maltratado.”, disse ela. De acordo com o veterinário que está tratando Andre, o animal está anêmico e diabético. Ele recebeu uma transfusão de sangue e agora está se recuperando com insulina. O cachorrinho tem de comer a cada duas horas, como parte de sua recuperação.

Os ativistas já conseguiram cerca de U$ 8,7 mil (o equivalente a mais de R$ 15 mil) para cuidar da saúde do animal. O dinheiro foi arrecadado por meio de um site de doações, o  www.firstgiving.org . O resto do dinheiro irá para a “Feathers Foundation”, uma fundação sem fins lucrativos criada com a finalidade de resgatar animais em perigo.

Martin Mersereau, diretor do Peta, enfatizou a importância de encontrar o autor dos maus-tratos. Para ele, o agressor deve ser condenado. “Aqueles que abusam de animais são covardes. Eles descontam os problemas pessoais nos seres mais indefesos”, disse em um comunicado.

O Peta ofereceu uma recompensa de mil dólares (cerca de R$ 1,7 mil) por informações sobre o agressor de Andre. ”Os residentes de Phoenix têm boas razões para se preocupar. De acordo com autoridades policiais e especialistas em saúde mental, autores de atos violentos contra animais são, muitas vezes, reincidentes, o que representa uma séria ameaça aos animais e seres humanos”, completa.

Por Marina Knöbl

Fonte: Planeta Bicho - Publicado neste site em 03/02/2012


 

Veja mais notícias em nosso site, acesse: www.criadoronline.com.br/news
 

-
O "News Criador On-line" é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebe-lo, ou considera que foi cadastrado indevidamente, por favor, clique aqui para remover