Translate       Traducir    
RECEBA AS NOTÍCIAS POR
E-MAIL
Cadastre seu Endereço aqui
News Criador On-line
Boletim Eletrônico - N° 1550 - #3
  
-
Software Animal Manager, essencial para seu negócio prosperar, acesse aqui.
 
• Caso não esteja visualizando o texto deste boletim, acesse: www.criadoronline.com.br/boletim
• Para remover seu endereço de nossa lista acesse aqui
Estudante mineira resgata e paga tratamento de cão de rua com câncer

Gracielle Moraes arrecadou R$ 880 para tratar animal chamado de Zoinho.
Cão se recuperou após 11 sessões de quimioterapia em Montes Claros.

Gracielle achou Zoinho no bairro Vila Sion em Montes Claros. (Foto: Arquivo Pessoal/ Gracielle Moraes)
Gracielle achou Zoinho no bairro Vila Sion em Montes Claros. (Foto: Arquivo Pessoal/ Gracielle Moraes)

Comovida pelo sofrimento de um cão de rua com um tumor no olho esquerdo e um no pênis, a estudante de arquitetura, Gracielle Moraes, de 26 anos, resgatou o animal, batizado de Zoinho. Ele foi encontrado no bairro Vila Sion, em Montes Claros, Norte de Minas Gerais, há cerca de três meses.

A estudante conta que certo dia, uma amiga da faculdade contou a história e mostrou fotos de cão doente. O animal de oito meses de idade, já chamado popularmente de Zoinho, estava recebendo comida e água de uma moradora do local. Por causa do tumor exposto no olho esquerdo, o cachorro recebia pedradas de moradores com nojo da doença e do estado do animal.

'Minha amiga contou a história e perguntou o que eu podia fazer para ajudar. Peguei o carro e fui até o local informado. Ele aparecia no mesmo horário todos os dias e, com a ajuda da mulher que o estava alimentando, consegui levá-lo para casa', conta a estudante.

Gracielle levou Zoinho para um médico veterinário que estava de plantão na cidade. O especialista receitou alguns medicamentos para dor. A primeira consulta, a estudante gastou aproximadamente R$ 200. Como percebeu que os gastos com cuidados veterinários seriam muito altos, Gracielle procurou ajuda de um hospital veterinário universitário.

Animal foi diagnósticado com um tumor no olho esquerdo e outro no pênis.  (Foto: Arquivo Pessoal/ Gracielle Moraes)
Animal foi diagnósticado com um tumor no olho esquerdo e outro no pênis.
(Foto: Arquivo Pessoal/ Gracielle Moraes)

Zoinho foi diagnosticado com um Tumor Venéreo Transmissível (TVT). 'Esse câncer normalmente é encontrado nos órgãos sexuais dos animais. Existem alguns casos, como o de Zoinho, que esse tumor é localizado em áreas não convencionais. A área atingida por esse tumor é um pele friável, ou seja, se solta em pedacinhos que, em contato com outras mucosas (tecidos) desenvolvem um novo tumor, como as mudas de plantas', explica o veterinário Alex Sander Dias Machado.

Quimioterapia
Determinada em cuidar de Zoinho, Gracielle postou uma mensagem em uma rede social pedindo a ajuda de amigos para adquirir ração e medicamentos. A estudante conseguiu arrecadar aproximadamente R$ 1 mil em dinheiro para o tratamento do animal.

'Ele teve que ficar em um esquema de isolamento. Tinha um cantinho aqui em casa onde ele pode ficar. Foram 11 sessões de quimioterapia que ele teve que fazer e foi muito pesado. Zoinho vomitava e o pelo começou a cair', relata Gracielle.

A estudante conta que desde pequena é apaixonada por animais. 'Eu e meu irmão salvávamos ninhadas de gato. Não consigo ver e não fazer nada. Certa vez, eu pulei um muro para tirar uma cachorra e seus filhotinhos que estavam na chuva', completa.

Após passar por 11 sessões de quimioterapia, animal se recuperou 100%. (Foto: Arquivo Pessoal/ Gracielle Moraes)
Após passar por 11 sessões de quimioterapia, animal se recuperou 100%.
(Foto: Arquivo Pessoal/ Gracielle Moraes)

Depois das sessões de quimioterapia, Zoinho está100% curado, afirma o veterinário Alex Sander. 'Começamos com doses baixas, porque ele estava bem magro. Depois aumentamos a dose', diz.

O veterinário conta ainda que o animal se apresentou bastante amigável, o que ajudou no tratamento. 'Ele consegue enteder o que é bem trato e mau trato. Zoinho é de uma índole muito boa', completa Alex Sander.

Questionado sobre o porquê de ter ajudado o cachorro com câncer, Gracielle Moraes diz: 'Certa vez, ouvi uma frase que dizia: ‘exemplos mudam pessoas. Atitudes mudam o mundo’. As pessoas precisam amar mais os animais. São seres humildes. Mesmo se você bater em um bicho, ele sempre vai voltar pra você. Temos que fazer nossa parte'.


Adoção
Após quase três meses de tratamento, Zoinho está curado e a espera de um novo lar. Apesar de ter se apegado muito ao cão, Gracielle não pode ficar com o animal, pois mudou de casa e a mesma não tem espaço suficiente para criar um bicho. Por enquanto, Zoinho está na casa de uma amiga pronto para ser adotado.

“Quem adotar o Zoinho, terá que me adotar também”, brinca a estudante.

Zoinho tem uma boa índole, afirma veterinário que o tratou. (Foto: Arquivo Pessoal/ Gracielle Moraes)
Zoinho tem uma boa índole, afirma veterinário que o tratou. (Foto: Arquivo Pessoal/ Gracielle Moraes)


Fonte: G1 - Publicado neste site em 23/07/2014




 

Veja mais notícias em nosso site, acesse: www.criadoronline.com.br/news
 

-
O "News Criador On-line" é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebe-lo, ou considera que foi cadastrado indevidamente, por favor, clique aqui para remover