Translate       Traducir    
RECEBA AS NOTÍCIAS POR
E-MAIL
Cadastre seu Endereço aqui
News Criador On-line
Boletim Eletrônico - N° 1437 - #3
  
-
Software Animal Manager, essencial para seu negócio prosperar, acesse aqui.
 
• Caso não esteja visualizando o texto deste boletim, acesse: www.criadoronline.com.br/boletim
• Para remover seu endereço de nossa lista acesse aqui
15 cães de raça são roubados em cinco meses

Cães de raça de pequeno porte têm chamado a atenção dos bandidos, em uma modalidade de crime que está se tornando cada vez mais comum em Curitiba.


Estes animais tem sido roubados na rua ou levados de dentro da casa de seus tutores, em diversos bairros da capital e da Região Metropolitana.

Em cinco meses, pelo menos 15 cães foram roubados na cidade. Todos os cachorros eram de raça, dentre elas, as preferidas dos criminosos são poodle e yorkshire. Esta escolha provavelmente é influenciada pela facilidade dos criminosos em lidar com cães pequenos sem risco de ferimentos e pelo elevado valor de mercado deste animais de estimação, que podem ser encontrados na internet custando entre R$ 800 e R$ 1.500. De acordo com a polícia, o dinheiro muitas vezes, seria gasto na compra de drogas.

Apesar dos casos serem numerosos e similares, o delegado substituto da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), Rodrigo Souza afirma que os crimes não têm ligação e que não seriam fruto da ação de uma quadrilha especializada. O delegado diz ainda que este tipo de investigação é demorada, pois não há somente uma linha a ser seguida.

Destes 15 animais roubados, apenas seis voltaram para seus donos. Eles foram encontrados pela polícia em diversos locais, desde residências e até a localização por meio de anúncios na internet, o que reforça a afirmação de que não há um padrão tanto nos roubo como na receptação dos cães.

Comerciante tem casa arrombada e dois cães furtados 

A comerciante Tatiane Vargas levou um grande susto ao retornar do trabalho para almoçar em casa, no dia 07 de novembro deste ano. Tatiane encontrou sua residência, que fica no bairro do Boqueirão, toda revirada e sem muitos de seus objetos como TV, computador e câmera fotográfica. 

Mas não foi o prejuízo de aproximadamente R$ 15 mil que mais revoltou a comerciante. Do que ela realmente sente falta é de Gabi, um dos dois cães Yorkshires levados pelo bandidos durante o roubo.

Fred, o cãozinho macho de três anos foi recuperado após a exibição de uma reportagem na TV. Segundo Tatiane, um casal deixou o animal em um aviário próximo de sua residência depois da divulgação do caso pela mídia.

Entretanto, mais de um mês após o roubo a cachorrinha Gabi ainda não foi localizada. À reportagem do Paraná Online a comerciante contou que recebeu uma denúncia anônima indicando o paradeiro de Gabi, mas em contato com a Delegacia de Furtos e Roubos, o caso não recebeu grande atenção por parte polícia 'Os policiais falaram que não podem fazer nada, que há outros casos mais importantes para ser investigados do que o roubo de um cahorro' afirmou Tatiane.


Fonte: Paraná On-line - Publicado neste site em 16/01/2014


 

Veja mais notícias em nosso site, acesse: www.criadoronline.com.br/news
 

-
O "News Criador On-line" é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebe-lo, ou considera que foi cadastrado indevidamente, por favor, clique aqui para remover