Translate       Traducir    
RECEBA AS NOTÍCIAS POR
E-MAIL
Cadastre seu Endereço aqui
News Criador On-line
Boletim Eletrônico - N° 1436 - #3
  
-
Software Animal Manager, essencial para seu negócio prosperar, acesse aqui.
 
• Caso não esteja visualizando o texto deste boletim, acesse: www.criadoronline.com.br/boletim
• Para remover seu endereço de nossa lista acesse aqui
Web arrecada mais de US$ 100 mil para evitar separação entre cão-guia e dono cego que caiu no metrô de NY

Seguro do norte-americano não cobre permanência com o tutor após aposentadoria do animal; bastante idoso, cachorro 'herói' deve deixar de trabalhar em breve

Cão-guia salva cego no metrô de NY (Foto: Reprodução/Indiegogo Crowdfunding Platform)
Cão-guia salva cego no metrô de NY (Foto: Reprodução/Indiegogo Crowdfunding Platform)

A história de Cecil Williams e de Orlando ganhou destaque no mundo. O norte-americano de 61 anos, que é cego desde 1995, estava em uma estação de metrô em Nova York, onde vive, quando passou mal e acabou caindo nos trilhos.

Desesperado, seu cão-guia pulou atrás do dono. No mesmo instante, um trem se aproximou e, apesar da sinalização de pessoas que estavam na plataforma ao maquinista, foi impossível evitar o atropelamento da dupla.

Após a passagem de alguns vagões, o trem foi parado e o cego e o cão-guia foram resgatados. Para surpresa de todos os presentes, eles estavam conscientes e com ferimentos leves. Assim que foi retirado dos trilhos, Williams perguntou sobre Orlando.

As imagens do resgate e a lealdade do cachorro causaram comoção na web na última quarta-feira (18/12). Em entrevista, Williams agradeceu a atenção recebida por equipes de resgate do metrô e do hospital no qual está internado. Ele também classificou o cão-guia como seu 'melhor amigo'.

Apesar da união da dupla, Williams sabia que estava prestes a perder a companhia de seu 'herói'. Isso porque seu seguro não cobre as despesas necessárias para que o animal permaneça com o dono após sua aposentadoria. O labrador, que completa 11 anos no dia 5 do mês de janeiro, deve parar de trabalhar em breve.

Sabendo da possibilidade de separação entre o cão-guia e o cego, internautas das mais diversas regiões decidiram fazer muito mais pela dupla do que curtir, compartilhar e comentar a sua história.

Um deles, Mark Jacobson, criou uma página para doações na plataforma Gofundme. Em menos de 24 horas, mais de 37 mil dólares já foram doados para pagar o seguro e garantir que Orlando fique com Cecil Williams quando deixar de trabalhar, apenas como animal de estimação. 

Em outra plataforma de crowdfunding, a Indiegogo, mais de 64 mil dólares já haviam sido arrecadados até o início da manhã de quinta-feira (19/12).


Fonte: Globo Rural - Publicado neste site em 16/01/2014


 

Veja mais notícias em nosso site, acesse: www.criadoronline.com.br/news
 

-
O "News Criador On-line" é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebe-lo, ou considera que foi cadastrado indevidamente, por favor, clique aqui para remover