Translate       Traducir    
RECEBA AS NOTÍCIAS POR
E-MAIL
Cadastre seu Endereço aqui
News Criador On-line
Boletim Eletrônico - N° 1391 - #3
  
-
Software Animal Manager, essencial para seu negócio prosperar, acesse aqui.
 
• Caso não esteja visualizando o texto deste boletim, acesse: www.criadoronline.com.br/boletim
• Para remover seu endereço de nossa lista acesse aqui
Cães são 'jogados fora' no aterro sanitário de Poços de Caldas, MG

Pelo menos 30 foram abandonados pelos donos no lixão da cidade.
CCZ deve organizar mutirão para castração e vacinação dos cachorros.

Mais de 30 cachorros vivem abandonados no aterro sanitário (Foto: Sheila Patresi/ Arquivo Pessoal)
Mais de 30 cachorros vivem abandonados no aterro sanitário (Foto: Sheila Patresi/ Arquivo Pessoal)

Durante a manhã desta sexta-feira (8), o Centro de Controle de Zoonoses (CZZ) de Poços de Caldas (MG) esteve no aterro sanitário da cidade, onde constatou que pelo menos 30 cães – de diferentes raças e portes – vivem abandonados. Um deles foi atropelado por um caminhão de lixo na noite de quinta-feira (7) e precisou ser resgatado para ter uma das patas dianteiras amputadas.

Cachorro atropelado precisou ser resgatado e terá pata amputada (Foto: Sheila Patresi/ Arquivo Pessoal)
Cachorro atropelado precisou ser resgatado e terá pata amputada (Foto: Sheila Patresi)

De acordo com a coordenadora do órgão, Sheila Patresi, os moradores da cidade jogam os cachorros fora no aterro sanitário. “Cachorro não é lixo, mas muitos moradores de Poços parecem não ter essa consciência. Fiquei muito triste de ver como os animais foram descartados aqui, como se fossem detritos. São cachorros. Precisam de carinho, de amor, de um lar. Infelizmente o povo não tem essa consciência”, desabafou.

No local, apesar do abandono, funcionários do aterro sanitário costumam alimentar os cães. O pastor alemão que foi atropelado mesmo estava preso a um portão, com água e comida próximos, mas mesmo assim foi atingido por um dos caminhões que descartam detritos.

Durante a visita ao local, Sheila resgatou o animal atropelado e o levou para o CCZ, contudo, esclareceu que não pode levar os demais cães que estão pelo local, já que o centro possui uma lotação máxima e destina-se a animais em situação de risco. “Não tenho como trazê-los para o CCZ. Vou organizar um mutirão para irmos até o lixão, fazer uma limpeza do local, alimentar os cães que estão por lá, castrar algumas fêmeas para evitar a reprodução e aplicar vacinas, além de tirar os bernes dos que estão infectados. É o que podemos fazer de imediato”, argumentou.


Filhotes foram jogados fora no lixão da cidade (Foto: Sheila Patresi/ Arquivo Pessoal)
Filhotes foram jogados fora no lixão da cidade (Foto: Sheila Patresi/ Arquivo Pessoal)

Medidas e castramóvel

Outra medida que deve ser tomada pelo CCZ é a instalação de câmeras de segurança no aterro sanitário, a fim de inibir o descarte de animais no local.

O CCZ recebeu também, nesta quita-feira (7) o castramóvel, que dentro de 90 dias deve estar completamente equipado para percorrer bairros e a zona rural de Poços de Caldas e poderá castrar animais em cerca de 40 minutos.
O ônibus totalmente reformado e equipado pela Secretaria Municipal de Saúde.  Estima-se que existam aproximadamente 26 mil cães e gatos no município, sendo 7% desse total de animais estão abandonados, conforme critérios utilizados pela Vigilância Epidemiológica.


Fonte: G1 - Publicado neste site em 29/11/2013

 

Veja mais notícias em nosso site, acesse: www.criadoronline.com.br/news
 

-
O "News Criador On-line" é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebe-lo, ou considera que foi cadastrado indevidamente, por favor, clique aqui para remover