Translate       Traducir    
RECEBA AS NOTÍCIAS POR
E-MAIL
Cadastre seu Endereço aqui
News Criador On-line
Boletim Eletrônico - N° 1279 - #3
  
-
Software Animal Manager, essencial para seu negócio prosperar, acesse aqui.
 
• Caso não esteja visualizando o texto deste boletim, acesse: www.criadoronline.com.br/boletim
• Para remover seu endereço de nossa lista acesse aqui
Superlotação de cachorros abandonados preocupa

Em vários pontos da cidade é possível ver diversos cães abandonados, seguindo pelas ruas sem rumo

O número de cães soltos, doentes e famintos tornou-se motivo de preocupação para os moradores de Uberaba. Os abrigos de cães estão cheios e a solução encontrada pela Prefeitura é uma campanha para incentivar a adoção de animais. A população cobra das autoridades o projeto de implantação de microchips sob a pele dos bichos. Sozinhos ou em bando, os cães seguem sem rumo pelas ruas e o número desses animais no Centro de Controle de Zoonoses e na Sociedade Protetora dos Animais de Uberaba continua crescente. Uma das preocupações é que no período de férias o número de animais abandonados aumenta.

Conforme a presidente da Sociedade Protetora dos Animais de Uberaba (Supra), Denise Max, já não sabe mais a quem recorrer para obter apoio. Segundo ela, a irresponsabilidade dos donos desses animais é o maior problema. “O projeto de microchips que vão ser implantados sob a pele de cães tem como intuito reduzir o número de animais abandonados na cidade, pois nele conterá toda informação do dono do cão, tornando fácil a sua localização, reduzindo o abandono de animais. O município precisar implantar esse equipamento com urgência”, enfatiza.

Denise destaca que a prefeitura necessita desenvolver um projeto amplo voltado para o controle populacional dos animais de pequeno porte (cães e gatos). “Entre as principais causas de abandono de animais estão doenças, falta de condições para manter os bichos, maus-tratos e idade avançada. Essa atitude tem desencadeado grave problema social e de saúde, pois, sem cuidados e doentes, facilitam a transmissão de doenças e também são vulneráveis a se envolverem em acidentes no trânsito”, revela.

Denise Max adverte que é crime abandonar, em qualquer espaço público ou privado, animal doméstico, domesticado, silvestre, exótico, ou em rota migratória, do qual detém a propriedade, posse ou guarda, ou que está sob guarda, vigilância ou autoridade. A pena é de um a quatro anos e multa.

Prefeitura - Segundo a Secretaria de Saúde, há a intenção de comprar os microchips, inclusive licitação neste sentido está sendo estudada. Ou seja, ela deve ser elaborada, respeitando critérios técnicos e legais, publicada e transcorrido os prazos legais, então ainda deve demorar alguns meses.

O Centro de Controle de Zoonoses tem recolhido os animais, castrado, medicado e devolvido à região de origem, visto que não podem ficar com sadios no local. Apenas filhotes são deixados lá, mas colocados para adoção nas feiras e eventos.


Fonte: Jornal de Uberaba - Publicado neste site em 23/07/2013


 

Veja mais notícias em nosso site, acesse: www.criadoronline.com.br/news
 

-
O "News Criador On-line" é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebe-lo, ou considera que foi cadastrado indevidamente, por favor, clique aqui para remover