Translate       Traducir    
RECEBA AS NOTÍCIAS POR
E-MAIL
Cadastre seu Endereço aqui
News Criador On-line
Boletim Eletrônico - N° 1006 - #3
  
-
Software Animal Manager, essencial para seu negócio prosperar, acesse aqui.
 
• Caso não esteja visualizando o texto deste boletim, acesse: www.criadoronline.com.br/boletim
• Para remover seu endereço de nossa lista acesse aqui
Arapiraquenses estão preocupados com o gato capturado em presídio

Defensores dos animais sugerem que bicho seja colocado para adoção.
População teme que gato seja sacrificado no Centro de Zoonoses.

Agentes penitenciários apreendem gato com serras e celular entrando em presídio de Arapiraca (AL). Todo o material estava preso ao animal com fitas adesivas. A captura aconteceu na noite do último dia 30. (Foto: Divulgação/Superintendência Geral do Sistema Penitenciário de Alagoas)
Agentes penitenciários apreendem gato com serras e celular entrando em presídio de Arapiraca (AL).
(Foto: Divulgação/Superintendência Geral do Sistema Penitenciário de Alagoas)

Diante da repercussão da captura do gato que foi usado por detentos para transportar serras, brocas e aparelhos eletrônicos para dentro do presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza, em Arapiraca, a população está preocupada com o destino do animal que foi encaminhado para o Centro de Controle de Zoonoses.

O assunto, que ganhou as ruas do município do Agreste alagoano e tomou proporção nacional, com destaque nas redes sociais, agora ganha ênfase diante da defesa do animal que sofreu maus-tratos ao ter o material amarrado ao corpo com fita adesiva. Sem saber o que pode acontecer com o gato, moradores de Arapiraca sugerem que o animal seja colocado para adoção, e não sacrificado, como costuma ocorrer com os bichos recolhidos pela equipe da Zoonoses.

Preocupado com o destino do gato, o comerciário José Élio da Silva disse que na próxima segunda-feira (7) irá até o Centro de Zoonoses para saber se o animal está sendo bem tratado. Ele não descarta a possibilidade de trazê-lo para casa. “É obrigação do poder público cuidar bem dele. Não existem motivos para sacrificá-lo”.

O administrador de empresas Leonardo Fernandes disse que ficou preocupado com a ousadia dos detentos em usar animais para cometer crimes. “A administração do presídio precisa garantir que situações como essas não se repitam”.
“Apesar do fato inusitado, o que foi pouco questionado  é o destino do gato. Espero que ele receba os cuidados necessários.  Tem muita gente que ficou solidária com a situação do animal e gostaria de adotá-lo”, disse Clau Soares, jornalista e moradora da cidade.

Nas redes sociais a captura do gato por agentes penitenciários ganhou repercussão em todo o país. Num misto de irreverência e preocupação com a criatividade dos detentos, internautas repercutiram a notícia de formas diversas.

Entre os comentários estão frases como: “Só fico pensando o que iam fazer com o gatinho depois”, “Gato tentando entrar em presídio com celulares, brocas etc. foi condenado a pena de morte. Sacanagem, condenação certa pro animal errado”, assim como, “usaram um gato para traficar ferramentas de fuga no presídio! até isso!”.

A reportagem do G1 tentou entrar em contato com o diretor do Centro de Zoonoses de Arapiraca para saber a situação do animal. Mas o mesmo manteve o telefone desligado durante a manhã deste sábado (5).


Fonte: G1 - Publicado neste site em 15/01/2013

 

Veja mais notícias em nosso site, acesse: www.criadoronline.com.br/news
 

-
O "News Criador On-line" é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebe-lo, ou considera que foi cadastrado indevidamente, por favor, clique aqui para remover