Clique aqui para navergar no Website
 
     
Animal Manager - O site de tecnologia animal - Cães, Gatos, Aves, Peixes, Cavalos, Roedores e muito mais...
INFORMAÇÃO CRIADOR ON-LINE

COMO DAR UM BOM BANHO E SECAR BEM
O SEU CÃO

Por Joanna Avelar Estanislau de Assis
Instrutora de Estética Canina



Se fosse assim, seria bem mais fácil, não é?


COMO ESCOVAR

Inicie o processo de escovação com o pente mais adequado para a pelagem do cão que você está trabalhando. Verifique a presença ou não de nós e, se houver, tente desembaraça-los com a mão. Se não for possível utilize o mat comb ou a faca de desembaraçar. Há produtos para facilitar essa tarefa.  Logo que o cão fique livre dos nós, faça uma escovação vigorosa, paralelamente ao corpo do animal, iniciando da cabeça para a cauda, de cima para baixo. Dê atenção às franjas e juntas que devem estar cuidadosamente desembaraçadas. Cada raça tem seu próprio grooming: cães que pedem juba, como o Chow Chow, devem ser escovados da melhor forma possível para obter a juba ideal A escovação de rotina não precisa ser tão vigorosa. Faça movimentos firmes e curtos da raiz às pontas, o que evita que a pelagem se quebre. Para finalizar pode-se utilizar uma flanela para lustrar a pelagem. Um pelo limpo e brilhante é o que se espera de um correta escovação.

Equipamento básico para trabalhar

Descrição do Equipamento:

1. pente médio-fino ou greyhound
2. escova de pinos, sem bolinhas nas pontas
3. escova de cerdas ou de pelos de animais
4. rasqueadeira ou slicker
5, 6, 7. faquinhas de stripping, mais usadas em Exposição para terriers, e outros.
8. tesoura curva
9. tesoura dentada ou de debastar
10. pinça hemostática
11. cortador de unhas


Toalhas brancas, de mais fácil higienização


Sabonetes, Xampus, Condicionadores, banhos de óleo a gosto

O BANHO

Se a escovação for bem feita e freqüente, um banho semanal ou quinzenal será suficiente. A oleosidade natural é importante para a proteção do pêlo do animal. Os cães de exposição devem tomar mais banhos, pois cuidar da pelagem empoeirada ou um pouco suja atrapalha a tosa. Lembre-se sempre de espremer a glândula para-anal, localizada sob a cauda do animal; pois os resíduos ali acumulados são bastante responsáveis pelo mau cheiro dos cães. Mas uma vez espremida essa glândula, ela deverá sempre ser espremida a cada banho pra não acumular mais resíduos.

COMO DAR O BANHO

IMPORTANTE: não se esqueça de colocar algodão nos ouvidos! O ortopédico é melhor já que não absorve a água.

  1. Local protegido de correntes de ar, para evitar que o animal se resfrie ou tenha um choque térmico.
  2. Para uma primeira lavagem (água morna ou fria, dependendo da temperatura ambiente) pode-se utilizar um sabão de coco, que mata pulgas em pequena quantidade e previne a reinfestação. Se houver grande quantidade de pulgas e /ou carrapatos, um banho antiparasitas pode ser utilizado, ou produtos específicos (talcos, sabonetes, piretróides shampoos e condicionadores antipulgas e carrapatos). Esfregue bem o corpo do animal para que faça muita espuma, deixe agir por alguns minutos se houver parasitas. Caso contrário, deve-se enxaguar logo após uma boa esfregada.
  3. A segunda lavagem deve ser feita com um bom shampoo para cães ou até mesmo com shampoos para cabelos. O shampoo é aplicado seguindo os mesmo procedimentos para lavar cabelos humanos. O tipo de pelagem do animal deve ser levado em consideração para a escolha do shampoo (que deve sempre ser diluído de acordo com a concentração do produto, geralmente na proporção 10:1).
  4. A água quente resseca o pêlo e tira o brilho. Esfregue o animal sempre no sentido do pêlo para não embaraçar. Deixe o shampoo agir por um minuto. Proteja os olhos para evitar a irritação causada pelo shampoo. Em Terriers de exposição não se deve molhar a pelagem do dorso, que deve ser lavada com álcool ou outro tipo de lavagem a seco (talco, por exemplo).  
  5. O creme rinse ou condicionador deve ser aplicado nos cães somente após uma limpeza completa da pelagem. O creme deve ser diluído na proporção de uma parte do mesmo para dez partes de água, batendo até que se forme um creme homogêneo, que deve ser aplicado por toda a pelagem longa do cão, sempre no sentido do pelo. Pode ser colocado em uma garrafa Spray também. Deixe agir por três minutos. Verificar o estado da pelagem: se estiver opaca e quebradiça, enxaguar levemente: se estiver bonita e em bom estado, enxaguar completamente.
    os ouvidos devem ser limpos com produtos específicos para limpeza interna de ouvidos, ou óleo mineral, utilizando algodão ou cotonetes. Devem, também ser protegidos por um chumaço de algodão para evitar a passagem de água (que pode causar otites e outros problemas auditivos). Vide Dicas da Semana Anterior.
  6. a secagem deve ser feita inicialmente, com uma toalha passada no sentido do pelo e nunca esfregada, seguida da utilização de um secador não muito quente - para evitar ressecamento da pelagem - com o auxílio de uma escova de pinos ou pente de aço. Inicie a secagem pelo peito para aquecer o animal. Verificar se as orelhas e patas estão bem secas para evitar frieiras e bolos de pêlo. Dar atenção sobre tudo às franjas, barbas, caudas e topetes como acabamento.
  7. as unhas devem ser cortadas com o alicate ou cortador antes do banho.

    ATENÇÃO para os vasos sanguíneos dentro das unhas! Quando atingidos, sangram muito. Em caso de unhas pretas ou se não for possível detectar os vasos, corte apenas o que passar do chão. Em caso de sangramento use o Quick Stop. Vide Dicas da Semana anterior.

  8. o interior dos ouvidos deve estar limpo de pêlos. Poodles e Cockers costumam apresentar pêlos mortos em tal região que devem ser removidos com o Ear Powder ou com a mão, já que favorecem o aparecimento de parasitas como sarnas e fungos.

 


DICAS & LEMBRETES

  • Procurar saber se o animal é alérgico a algum dos componentes dos produtos utilizados.
  • Usar sempre material limpo e esterilizado, principalmente as toalhas.
  • Deixar xampu e condicionador já preparados previamente ao banho para o animal não ficar esperando desatendido. Verificar se a raça pede ou não o uso de condicionador e em quais partes da pelagem.
  • Remover os algodões do conduto auditivo após o banho.

 
Não me deixe só.

 

Joanna Avelar Estanislau de Assis
E-mail: joannaassis@gmail.com
Belo Horizonte, 14 de março de 2006.
Canil Hall of Lords – Cocker Spaniel Americano

Fonte: Apostila do Curso
www.halloflords.com.br/curso.html